Polícia identifica pescador que deu tiro durante cerco de tainha em Bombinhas

O investigado responde em liberdade pelos crimes de porte e disparo de arma de fogo

Foto: Divulgação

A Polícia Civil, por meio da Delegacia de Polícia de Bombinhas, finalizou nesta segunda-feira (14) o inquérito policial que apurou um conflito envolvendo a pesca da tainha em Bombinhas, no litoral norte, e que resultou, na noite do dia 23 de junho, em disparo de arma de fogo proveniente da área da vigia na Praia de Quatro Ilhas, em Bombinhas. Um homem foi indiciado.

O fato ocorreu no início da noite, quando pescadores utilizando embarcação estariam tentando fazer o cerco dos peixes no mar, próximo ao Costão. Pescadores que realizavam a pesca de arrasto até a praia resolveram realizar os disparos de arma de fogo para coibir a ação. 

Uma espingarda calibre .22 foi apreendida logo depois dos fatos escondida na trilha de acesso ao local. Foram realizadas várias diligências que culminaram com a identificação do autor, vinculado a um dos ranchos de pesca da localidade. Interrogado, na presença de sua advogada, o pescador admitiu ter realizado o disparo.

O investigado responde em liberdade pelos crimes de porte e disparo de arma de fogo. Com relação à conduta das vítimas, não foi comprovada a prática de crime ambiental.

Clique aqui e receba as notícias do Jornal Notícia do Litoral no Whatsapp http://bit.ly/GrupoNoticiadoLitoral

mais sobre:

Bombinhas

ITAPEMA CLIMA

Edição Impressa


COLUNAS

Endereço: Rua Rio Ijuí, 376, Zimbros - Bombinhas, SC / Cep: 88215-000
Telefone: (47) 9 8497 2586
E-mail: contato@noticiadolitoral.com.br

Redes sociais:
Facebook: noticiadolitoral
Instagram: @noticiadolitoralsc
Youtube: Notícia do Litoral

Copyright © 2011. Todos os direitos reservados | Associação dos Jornais do Interior de Santa Catarina