Rússia registra primeira vacina contra covid-19 do mundo

Segundo Putin, a vacina é bastante eficaz e proporciona imunidade duradoura

Foto: Istock

A Russia registrou nesta terça-feira, 11 de agosto, a primeira vacina contra coronavírus do mundo. O anúncio foi feito pelo presidente do país, Vladimir Putin, em uma videoconferência com ministros. Segundo Putin, a vacina é bastante eficaz e proporciona imunidade duradoura. O presidente também informou que uma de suas filhas já tomou uma dose.

A fórmula foi desenvolvida pelo Instituto Gamaleya em Moscou, mas nenhum estudo ou dado científico foi publicado, o que gera desconfiança da comunidade científica internacional. No entanto, estudos sobre a eficácia da vacina devem ser publicados até o final deste mês.

De acordo com o relatório da Organização Mundial da Saúde (OMS), a vacina russa está na fase 1 de testes, ainda sem completar a segunda e a terceira etapa, fases cruciais para comprovar a eficiência e segurança  da vacina.

No sábado, 1 de agosto, a Rússia informou que realizará uma vacinação em massa já em outubro deste ano. Especialistas em saúde pública seguem prevendo as vacinas para meados de 2021.

A vacina russa foi nomeada de Sputnik V, em referência ao primeiro satélite lançado pela União Soviética e que deu início à corrida espacial global. Se a vacina for eficiente, a Rússia ganhará a nova corrida global em busca de uma proteção contra a covid-19.

Clique aqui e receba as notícias do Jornal Notícia do Litoral no Whatsapp http://bit.ly/GrupoNoticiadoLitoral




ITAPEMA CLIMA

Edição Impressa


COLUNAS

Endereço: Rua Rio Ijuí, 376, Zimbros - Bombinhas, SC / Cep: 88215-000
Telefone: (47) 9 8497 2586
E-mail: contato@noticiadolitoral.com.br

Redes sociais:
Facebook: noticiadolitoral
Instagram: @noticiadolitoralsc
Youtube: Notícia do Litoral

Copyright © 2011. Todos os direitos reservados | Associação dos Jornais do Interior de Santa Catarina